Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \12\UTC 2010

O tempo da praça…

Fomos a Praça Osório onde seria o espetáculo, fomos a Praça Santos Andrade onde seria o espetáculo… irônicamente o espetáculo será no relógio da Boca Maldita. O tempo… o tempo o tempo todo se apresenta como questão. O tempo da praça é dilatado…  para nossa surpresa que últimamente raramente temos tempo. O trânsito passa ao largo, as crianças passeiam, os casais namoram, os homens cochilam, algums pessoas moram… A praça é o descanso da cidade. A trégua.

Fotografias: Alessandra Flores

 

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Read Full Post »

Read Full Post »

Você tem tempo?

Pedimos ajuda a quem passava para estender nossos varais.

“Você tem tempo?” perguntávamos.

Alguns sim, outros não…

Jogamos água com flores no chão da praça Osório, enquanto cantávamos… tá caindo fulô , êh tá caindo fulô, lá do céu cá na terra, êh tá caindo fulô… então estendemos nossas rendas brancas ao vento.  Alguns perguntaram se era para vender, outros admiraram a beleza da trama, outros ainda ignoraram… passando, apressados…

Sem premeditar questionamos o tempo de quem passa, entramos no tempo da praça , atravessamos o tempo de quem tem tempo e de quem pensa não ter… e você? Tem tempo? E eu? Em que tempo?

Read Full Post »